domingo, 14 de fevereiro de 2016

Bracieux - Vale do Loire/FR




Bracieux é uma pequena cidade entre Mur-de Sologne e o Castelo de Chambord. Com construções típicas francesas, abriga uma importante chocolateria, a Max Vauché, que merece uma visita e a degustação de seus produtos. O cacau utilizado é originário de diversas partes do mundo, inclusive do Brasil.




A visita pode ser guiada ou não, sendo recomendado o agendamento prévio. Quando lá estivemos, não era hora de tour, então, visitamos sozinhos. Degustamos os chocolates lá produzidos - são ótimos! -, compramos alguns - são caros! - e seguimos viagem, pois nosso destino, naquele momento, era o Castelo de Chambord.



Bracieux se estende por 2,95 Km² e possuía, em 2010, pouco mais de 1200 habitantes. O seu habitante mais ilustre, o Baron de Bracieux, foi Isaac de Portau ou Porthos, um militar francês, nascido em Pau, em 02/02/1617, sendo desconhecida a data de sua morte, que inspirou Alexandre Dumas a escrever o personagem fictício Porthos de Os Três Mosqueteiros. A estátua em sua homenagem está em frente à pequena igreja, na entrada da chocolateria.




 Após a visita ao castelo, retornamos a Bracieux para almoçar num restaurante indicado por uma amiga, o Au fil du temps, que fica bem na praça central. Entretanto, estava em férias coletivas, obrigando-nos a buscar outra alternativa.





Compramos algo em uma padaria ali perto e fomos para o carro, que estava estacionado em frente ao Le Rendez-vous des Gourmets. Por ironia do destino, enquanto lanchávamos, vimos a SAMU francesa trabalhar, torcendo para que a situação restasse bem resolvida.



 

Bracieux é um encanto! Vale a visita!

2 comentários:

  1. Que delícia!!!!!! Adorei!
    É sempre bacana saber que o nosso cacau tá indo longe!
    Beijos e obrigada por me marcar! :)
    Karla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelo comentário! bj

      Excluir