domingo, 12 de fevereiro de 2017

Expedição Meu Brasil Brasileiro - Férias em família 2017

Foto: Blog imagens grátis

 Depois de muitas ideias, incertezas e um roteiro para o norte da Argentina e Chile quase pronto (na fase da reserva de hoteis), compreendi que não seria dessa vez que iria percorrer os quase 8mil quilômetros de que gostaria. A fase final do mestrado não me deixava saber, com a exatidão de que precisava, a data da partida.

Mudança de planos e de rumos. Pesquisei outros destinos próximos e que também me encantam, mas as passagens aéreas estavam à beira da morte! Desistimos e voltamos para a ideia de viajar de carro, tal qual uma viagem que fizemos em 2002, entre Salvador/BA e Montenegro/RS e que foi muito legal.

E por que não?!,  nos perguntamos! Juntamos a saudade daquela viagem, uma visita prometida a uns amigos em Niteroi/RS, um roteiro aberto, mas cheio de sonhos, e lá fomos nós Brasil afora. Foi a #ExpediçãoMeuBrasilBrasileiro que nos fez rodar por mais de 4mil quilômetros entre o Sul e o Sudeste do Brasil, durante 19 dias.

Se quiseres ver algumas fotos desta aventura, vai lá no instagram ou no facebook e clica nas seguintes #: 

#ExpediçãoMeuBrasilBrasileiro
#DoRSnoSudeste
#DoRSparaoMundo

 Gostou das fotos? Assina a nossa newsletter aqui no blog, curte a nossa página no facebook, segue a gente lá no instagram e o nosso perfil do twitter e seja sempre o primeiro a saber das novidades. Basta clicar nos botões que ficam no lado direito no alto desta página.

Quanto ao roteiro, então, em linhas gerais:

Data: entre 04 e 22 de janeiro de 2017

Viajantes: eu, Jaime e Valen.

Estados visitados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro.

Km: 4025 km percorridos

Pedágios: R$ 255,00 (e são muitos!)

Combustível: ainda não totalizei

Hoteis: todos reservados pelo Booking, exceto o Hotel Fazenda Ribeirão, que foi pelo Zarpo (nossa primeira experiência no saite e em hoteis desta linha).

Bagagem: uma mala de bordo e uma mochila para cada um e o equipamento de mergulho. Ainda, uma caixa térmica abastecida e 6kg de erva para o chimarrão, afinal de contas a viagem era longa e tínhamos que levar de presente para os gaúchos que encontrássemos no meio do caminho.
  
Como organizei, ainda que minimamente, o nosso roteiro (parte dele foi definido ao longo da viagem):

Dias 04/01/17 a 07/01/17: RS até Penha/SC. Almoço em Laguna. No dia 05 fomos ao Parque Beto Carrero; no dia 06, visitamos Penha e Piçarras, duas praias que ainda não conhecíamos em SC.

Dia 07/01/17: de Penha andamos até São Vicente/SP, onde chegamos no final da tarde. Jantamos na Ilha Porchat, no restaurante Terraço.

Dia 08/01/17: pela manhã, visitamos a Vila Belmiro, onde conhecemos um pouco mais da história do Santos Futebol Clube e, claro de seu rei maior, o Pelé. Depois, pegamos a Rio-Santos, no sentido Sul/Norte e seguimos para Paraty/RJ. Saímos frustrados da Rio-Santos... a beleza que vimos outrora se esconde atrás da urbanização e dos capins elefante que invadem a landscape... :( Não há quase mirantes ao longo do trajeto e parar na beira da estrada é um risco muito alto. Ah, sem contar com os mais de 100 controladores de velocidade e de 300 quebra-molas... A velocidade máxima que se consegue andar é... 60km/h...

Dias 08/01/17 a 11/01/17: Paraty/RJ. No dia 09, visitamos o centro histórico, depois fomos para cachoeiras na Serra da Bocaina, fizemos um walktour pelo Centro Histórico à noite e, depois do jantar, fechamos uma saída de mergulho para o dia seguinte, com a Adrenalina. Eu nem acreditava: 11 anos depois, voltaria ao mar e ao mundo sub!

De 11/01/17 a 15/01/17: Niteroi/RJ. No trajeto entre Paraty e Niteroi, um dos perrengues, que nem foi tão perrengue assim, foi mais medo mesmo da cena a que assistimos na beira da estrada. Conhecemos a cidade, o Museu de Arte de Niteroi, o Parque da Cidade, diversas praias. No dia 13/01/17, fomos ao Rio de Janeiro e visitamos o Museu do Amanhã e o AquaRio. Ficamos encantados com o Boulervard Olímpico.

Dia 15/01/17: Petrópolis/RJ. Levamos a Valen ao Museu Imperial, fizemos o passeio de Vitória e descobrimos os 7 erros na Casa Ipiranga.

Dias 16/01/17 a 20/01/17: Saímos de Petrópolis rumo ao Vale do Café, passando por Rio das Flores, na tentativa de visitar a Fazenda do Paraízo, que ficou para a próxima. Vimos tantas fazendas lindas na beira da estrada que a paisagem por si só já valeu a viagem. Chegamos no Hotel Fazenda Ribeirão no meio da tarde e lá ficamos até o dia 20, descansando. Experiência maravilhosa, que quero repetir, já que na região existem muitas opções com este viés.

Dia 20/01/17: Hora de começar a voltar para casa. Dia de dois perrengues: meu cartão foi clonado e o Jaime com virose. Mesmo assim, ele dirigiu do hotel em Barra do Piraí/RJ até Taubaté/SP, local do nosso pernoite. No caminho, visitamos Penedo/RJ e Aparecida do Norte/SP.

Dia 21/01/17: Em Taubaté, fomos visitar o Sítio do Pica-Pau Amarelo. E depois, estrada até o Paraná. Nosso pernoite foi em Curitiba.

Dia 22/01/17: Dia de voltar para casa. Saímos cedinho de Curitiba e chegamos no final da tarde em casa. Dia do último perrengue: faltando 10km para chegarmos em casa... tcharam... o único pneu furado em todo o trajeto. Na hora fiquei brava, mas o Jaime disse: Calma! Melhor aqui do que no meio da Avenida Brasil ou da Linha Vermelha, no Rio. Fui obrigada a concordar com ele!

Chegamos em casa com algumas certezas: a de que precisamos voltar para Paraty, porque ficou muito por fazer lá;  a de que Ilhabela merece nossa atenção; descobrimos a região serrana do RJ, lugar que tem muito para se explorar, ainda; Campos do Jordão e Paranapiacaba ficaram para a próxima, bem como outros lugares que nos indicaram.

Voltamos com a frustração da Rio-Santos, a certeza de que não queremos mais dirigir no RJ, por ser muito tenso, mas com a convicção de que nosso país é lindo e tem muito para ser explorado.

Ah, e ainda voltamos com um quilo de erva-mate na bagagem, além de muitas histórias para contar. E a sensação inexplicável de voltar ao mar 11 anos depois... sim, 'a paz invadiu o meu coração e me encheu de paz', já cantou Djavan...


Nosso trajeto

E você? Curtiu a nossa viagem de carro pelo Brasil? Gosta de viajar assim, parando e conhecendo o que tem pelo caminho?  Conta pra gente! Tão logo eu organize as fotos, vou escrever os posts detalhando tudo! Até lá!

2 comentários:

  1. Adorei!!!! Gostamos muito de viagens assim!!! ��

    ResponderExcluir
  2. Muito legal!! Nosso país tem muito a oferecer!!

    ResponderExcluir