quinta-feira, 11 de maio de 2017

10 Dicas de Viagem que só uma mãe pode dar - Blogagem Coletiva




Este post integra a Blogagem Coletiva em comemoração ao Dia das Mães, organizado pelos blogues especializados em viagens em família. No final, veja a lista dos demais participantes.

Já participamos de outras ações como esta. Veja aqui.

O tema, desta vez, são 10 dicas que só uma mãe pode dar. Vamos lá, então.

Dica nº 01: Em viagens de carro, entretenimento é a ordem.

A gente gosta muito de viajar de carro e a Valen desde bebê viaja muito, em razão da distância da nossa moradia da casa da família (sou funcionária pública e seguidamente mudo de endereço). Quando ela era pequena, o que tinha de mais moderno era o DVD portátil. Ele era posto em um suporte que prendia no banco da frente. À mão, ia um estojo com diversos discos. E quando ela se encantava num só e passava a viagem inteira assistindo o mesmo? Haja paciência!

Roadtrip para o Uruguai, em 2010. Valen com 8 anos.
Atualmente, ela está com 12 anos. Acaba jogando no celular ou até mesmo dormindo, o que faz com que 'a viagem passe mais rápido'. Ela mesmo já pega um travesseiro e uma cobertinha antes de embarcar (mesmo que a viagem seja de Estrela a Porto Alegre, ou seja, 120 km...).

Dica nº 02: Conexões demoradas pedem um presente surpresa.

Uma vez viajamos a Natal (em 2013) e tínhamos uma conexão de umas 4h em GRU. Então, pensei em algo que pudesse ajudá-la a passar o tempo de forma mais rápida. 

Fui numa papelaria e comprei livros de pintar, caderno de desenho, lápis de cor, canetinhas, giz de cera, apontador, etc. e uma agendinha para ela fazer de diário de bordo. Enrolei tudo para presente e pus na minha mochila, escondido.




Quando nos organizamos no aeroporto e ela começou a se chatear, tirei o pacote da mochila e entreguei a ela. Ela ficou encantada com tanta coisa, desenhou, escreveu no diário de bordo enquanto eu e o Jaime tomávamos chimarrão. O tempo passou voando!

Dica nº 03: Farmacinha básica.

Sempre que viajo - com ou sem a Valen -, levo uma farmacinha junto. Levo medicamentos básicos, para dores musculares, para enjoo, febre, etc. Se vou para lugares diferentes ou vou ficar fora mais tempo (em outro país), levo ela ao médico e peço a prescrição de eventuais remédios - inclusive antibióticos - para levar comigo. Caso precise, tenho à mão.

Certa vez, fui ao Chile e não sabia qual seria a reação dela na altitude. Fui ao pediatra que receitou cafiaspirina, caso ela precisasse. Levei junto. Ela não precisou, mas o filho dos nossos amigos, sim.

Dica nº 04: Mapa do tesouro.

A Valen era bem pequena quando fizemos uma roadtrip pelo Uruguai. Foi a primeira viagem internacional dela. Em Colônia do Sacramento, eu queria andar por todo o casco histórico e, claro, ela não aguentaria caminhar tanto sob o sol forte. Peguei um mapa para ela no setor de informações turísticas e inventamos uma história maluca de que os piratas tinham escondido naquelas ruas moedas de ouro e que nós tínhamos de encontrá-las com a ajuda do mapa (ou 'apa', como ela dizia).




Eu ia na frente, escondendo moedas de peso uruguaio (que são grandes e douradas, pois as de real ela já conhecia) e o Jaime vinha com ela mais atrás procurando. Felicidade era encontrar uma moeda! Ela juntava e punha no bolso. Depois, comprou tudo em porcaria no restaurante.

Com essa estratégia, visitamos todo o casco histórico de Colônia e, também, as ruínas de San Ignácio Mini, em Posadas. Depois ela cresceu e a estratégia se perdeu.

Dica nº 05: Tenha sempre água e algum pequeno lanche à mão.

Uma das coisas boas de se viajar de carro é poder ter uma caixa térmica recheada sempre por perto. Na nossa última viagem, que foram mais de 4 mil quilômetros rodados pelo Brasil (contei nosso roteiro aqui), levei uma caixa bem sortida: água, sucos, bolachas, frutas, chocolates, etc.

Com isso, não precisamos parar a toda hora e, inclusive, em alguns momentos almoçamos no carro mesmo, sem parar, porque não tinha nada na beira da estrada. À noite não abrimos mão de jantar 'comida' quando o almoço acontece nesse esquema.

Em uma proporção um pouco menor, claro, essa dica serve para viagens longas de avião. Entretanto, leve produtos industrializados, porque em alguns países você não pode entrar com produtos naturais, como o Chile, por exemplo.

Dica nº 06: Roteiros que atendam a todos os interesses.

Quando se organiza um roteiro para ser feito em família, a primeira coisa que se tem que pensar é em atividades de interesse para todos os integrantes que estarão viajando. Com isso, fica mais fácil trazer boas lembranças.

Em 2015, fizemos um roteiro muito legal pela França, Andorra e Espanha (contei aqui). Eu adoro caminhar pelas ruas, visitar museus e pontos de interesse geral. O Jaime queria ir a jogos de futebol e a Valen queria ir para a Disney Paris.


Oceanário de Barcelona

Organizei o roteiro passando por tudo isso: Museu do Louvre, do Rodin, Torre Eiffel, dois dias de Disney Paris, Castelos do Loire, Zoos, oceanários, jogos de futebol, etc. Em um dos jogos, fomos junto com o Jaime (no Camp Nou); no outro, o Jaime foi ao jogo e nós fomos conhecer o Museu Reina Sophia, em Madri.

Nem eu nem o Jaime gostamos de parques. Mas nos divertimos muito na nossa primeira (e única) experiência Disney. Tanto que em janeiro, visitamos o Beto Carrero World, em Penha/SC.

Quando fomos ao Chile, em 2013, nós, os adultos, queríamos curtir as vinícolas, passeio entediante para os pequenos. Mesclamos idas à neve e a parques e museus com vinícolas. Deu supercerto, também.


Dica nº 07: Malas, uma miscelânea sem fim.

Viajar de avião é ótimo, não é mesmo? Mas a expectativa das malas é enorme quando você está na beira da esteira, torcendo para que elas tenham chegado junto.

Uma coisa que faço: mesclo roupas de nós os três em todas as malas. E levo muda extra na bagagem de mão. Caso as malas sejam perdidas, pelo menos para a chegada temos roupas.

Dica nº 08: Etiquetas de identificação.

Quando fomos para a Europa, em 2015, fiquei um pouco preocupada com a Valen, caso ela se perdesse de nós (claro que estávamos sempre de olho nela, mas pode acontecer, não é mesmo? Principalmente em locais muito tumultuados), porque ela não falava nem francês e nem espanhol (ela estuda inglês desde os 4 anos de idade, mas na hora do pânico, saberia ela se virar?).

Então, confeccionei dois crachás, um em cada idioma, contendo o nome dela, a idade, e dizendo que ela estava perdida e que não falava o idioma e que eu estaria procurando por ela. Abaixo, meus contatos. Ela usou 'de boas' em Paris (sob a roupa mesmo), mas em Madri ela me disse que não queria porque isso era 'constrangedor'. Insisti e pus sob o casaco. Obviamente não foi preciso fazer uso deles, mas era a nossa primeira viagem a três para a Europa.

Dica nº 09: Preparativos, uma parte legal da viagem. 

Definir o destino e delinear o roteiro é uma das partes de que mais gosto. Aguçar a curiosidade faz parte desta etapa.







Sempre procuro ler muito sobre o destino, seja em blogues ou guias, mas também na literatura (tanto que tenho uma seção aqui no blogue chamada Livros que inspiram a viajar) e nos filmes (Filmes que inspiram a viajar). E eu também incentivo a Valen a ler sobre o destino, até para que ela crie expectativas do que ver aonde iremos passar, como foi sobre o Da Vinci.

Dica nº 10: Destino certo existe?

Todos os destinos são interessantes, tanto para crianças, como para adultos. O nosso papel é torná-lo atrativo para os pequenos. Em todos os lugares do mundo haverá lugares para se levar as crianças, porque em todos eles há crianças e há o que desbravar. Mas o ânimo dos pais é superimportante para isso.

Em janeiro de 2017, por exemplo, mergulhei junto com a Valen (ela fez batismo e foi a 12 m de profundidade), em Paraty. Foi show!


Pic by Fabio França - Adrenalina Mergulho


Respeite, apenas, o ritmo de seu filho. É claro que ele não vai aguentar caminhar 15km num mesmo dia, se for pequeno. Faça 5, mas faça bem feito. Chame a atenção dele para tudo a sua volta: cores, cheiros, sabores, pessoas, arquitetura, história, diferenças culturais, etc. e você estará criando um cidadão para o mundo.



E aí? Bora viajar? Curta as demais dicas dos blogues participantes dessa BC.







35 comentários:

  1. Andrea, adorei sua dicas!!
    Já fiquei imaginando a Valen pequerrucha correndo com o mapa!!!
    A ideia do presente surpresa o Dodô iria adorar também!! Vou implementar na próxima viagem.

    Beijão e Feliz Dia das Mães!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Fran. A ideia do 'apa' surgiu na hora e deu super certo. Agradecida pela visita.

      Excluir
  2. Que divertida essa ideia do mapa do tesouro! Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline. Agradecida pela visita. Experimenta e depois me conta.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Logo, logo o Lipe tb estará... Agradecida pela visita.

      Excluir
  4. Gente, esta ideia do mapa do tesouro é ÓTIMA! Vou fazer! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Agradecida pela visita. Testa e depois me conta!

      Excluir
  5. Super concordo que todos os destinos são possíveis, basta respeitar o ritmo das crianças! Adorei as dicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cintia. Agradecida pela visita. O respeito ao ritmo das crianças é imprescindível para que tudo saia bem.

      Excluir
  6. Adorei a do mapa do tesouro!!!! Minha filha AMA essas brincadeiras, vou colocar em prática....

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Trícia! Agradecida pela visita. Faz e depois me conta como foi.

      Excluir
  7. Amei a dica 4, será que funcionaria lá em casa? kkk. Muito legal. Adorei as fotos e o post. Feliz Dia das Mães.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Su. Agradecida pela visita. Essa dica está fazendo sucesso. Pena que agora não cola mais... hehehee

      Excluir
  8. A dica 7 é muito usada aqui em casa.... Nunca coloco tudo de alguem num lugar só. E como sua pequeno está moça né... Uma delicia viajar com eles. Feliz Dia das Mães. Um bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Deb. Agradecida pela visita. A gente tem que se precaver, né?

      Excluir
  9. Oi Andreaaaaa
    Saudades de vir aqui te visitar! =)
    Ahhh, as conveniências das viagens de carro. Adoramos rechear nossa bolsa términa de comidinhas e bebidinhas para o trajeto. Super dica para todas as idades, não é?
    Super acredito na sua dica 6. Bora fazer tudo junto e misturado.
    Bjks
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adri, que bom te ver por aqui de novo! Agradecida pela visita. Ah, sim! imprescindível, né? Bj

      Excluir
  10. Andrea, adorei as dicas, especialmente a do mapa do tesouro! Vou fazer com a Mai aqui na nossa cidade mesmo, ainda temos tanto que conhecer! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso! Faz e depois me conta, tá? Agradecida pela visita.

      Excluir
  11. Ótima ideia o mapa do tesouro! Os meus iriam adorar, com certeza! Gostei da forma como fostes dando as dicas, mesclando sempre com histórias reais ocorridas durante as viagens. Feliz Dia das Mães!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida pela visita, Rosângela. Pois é... estava meio sem ideia do que escrever e como escrever... Fico feliz de que tenhas gostado. Volte sempre!

      Excluir
  12. Adorei seu post! Essa dica de colocar roupas de todos em cada mala é muito boa, vou usar da próxima vez. A caça ao tesouro também é otima ideia!
    Abraços e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida pela visita! Faça a caça ao tesouro e depois me conte como foi.

      Excluir
  13. Gostei da dica do crachá no idioma do destino dizendo que estava perdida e não falava a língua. Levo um cartão no bolso do meu filho, mas do jeito que você fez parece melhor! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Agradecida pela visita! Quem bom que gostou da dica! Eu te confesso que me senti segura adotando esse cuidado a mais. Bem ou mal alguma comunicação ia acontecer.

      Excluir
  14. A farmácia está em todas as listas reparou? Adorei e ideia de comprar caderno e lápis para passar o tempo no aeroporto :). Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cy! Adoro sua visita por aqui! Venha sempre! E como deixar a farmacinha em casa? não dá, né? Bj.

      Excluir
  15. Adorei a do mapa do tesouro! Elas amam!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida pela visita! Sim, era uma aventura!

      Excluir
  16. Beatriz tb ama pegar os mapas e ficar pesquisando os lugares que vamos visitar. Assim eles se distraem. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Agradecida pela visita! O mapa do tesouro foi uma saída que encontramos para caminhar muito e ela não reclamar. Valeu muito! E foi insight, na hora, nada preparado. Bj para vc.

      Excluir
  17. Muito boas suas dicas! A do mapa do tesouro já está anotada pra usar futuramente! hehehe Beijoss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Use a dica e depois me conte! Agradecida pela visita.

      Excluir
  18. Adorei suas dicas, principalmente a do mapa da mina! Que delicia recordar isso!
    Parabéns!

    ResponderExcluir